domingo, 3 de maio de 2009

Ortografia no micro-ondas

Antes do Acordo, "microondas" escrevia-se sem hífen. Agora, escreve-se "micro-ondas". Diz a nova regra que assim é e será porque o prefixo "micro" termina com a vogal "o", a mesma vogal com que se inicia o segundo elemento dessa junção, "ondas".

Difícil encontrar esse novo micro-ondas. Uma rápida visita a algumas lojas virtuais demonstra que este eletrodoméstico não está "se esquentando" com a nova ortografia...

11 comentários:

  1. De acordo com a determinação da regra, está correto. Mas esse não seria o caso de manter a forma antiga como uso consagrado?

    Afinal, referimo-nos ao "forno de micro-ondas", e não às ondas eletromagnéticas com comprimento milimétrico.

    Quero crer que quem determinou a regra entende muito mais do que eu sobre língua portuguesa, e é devido à minha ignorância que alguns aspectos (nãoi necessriamente este) soem ridículos...

    ResponderExcluir
  2. Acho que, a nova ortografia foi um marco na história do países lusófonos, além de ser uma disseminação da língua, e por este motivo que ela tem uma facilidade de ser expressa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pfffffffffffffffffffffffffffffffff.

      Excluir
  3. Em um país como o Brasil, em que alunos passam por ter frequência e não boas notas, mudar as regras do que se conhece "mal e porcamente" (o português), é piorar mais ainda as coisas.

    ResponderExcluir
  4. A complexidade da nossa língua, imposta e mantida por eruditos tão distanciados da vida prática, soa a meus ouvidos como uma espécie de "reserva de mercado". O futuro inevitável é a língua escrita como base na simples fonética. Não haverá mais uso para CH; "S" terá somente som de "S" e não de "Z".
    O ato de cultivar a forma somente pela forma, sucumbirá ao confronto com a praticidade e o desempenho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo plenamente; existem coisas muito mais importantes para se preocupar do que regras e exeções(ou será escessões,ou exessões, ou esceções, ou essessões, ou eceções)na nossa língua. Às vezes eu fico pensando: Sera´que aquele/a que seria o/a descobridor/a da vacina contra a AIDS, CÂNCER e outras doenças não passou no vestibular por causa de um simples erro de concordância ou de ortografia. Afinal de contas, esta não é bem a praia de quem estuda Biologia, e vou mais além, Física, Química, Matemática, etc...Tente mudar isso.

      Excluir
    2. Fora desse seu contexto servil, existe cultura ao sul do Equador... Felizmente!

      Excluir
  5. gostei muito me ajudou bastante

    ResponderExcluir
  6. Olá,Prof. Gabriel,
    Macro-objetivo segue a mesma lógica de micro-ondas? Já vi escrito separado, mas sem o hífen.
    Agradeço sua orientação.
    Iara Vasconcellos
    Hugs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Iara. É isso mesmo: "macro-objetivo" com hífen.

      Abraços,

      Gabriel

      Excluir